Acabaram com o Sublime (Com o Êxtase Natural da Vida)

Acabaram com o Sublime
(Transformaram os rebanhos ovinos e bovinos em suínos)
O problema todo é um só: As verdades das crenças foram criadas por mentirosos.
Conceitos prospectados por pensadores profundamente empenhados com a vida humana foram sequestrados e deturpados por elementos só interessados em falcatruas e vantagens entre si.
Isso sucedeu nos dias em que nós começamos a nos organizar sistematicamente em Sociedade.
Os escopos simbólicos mais fundamentais comuns à mente individual/de cada um de nós como: anseios por serenidade, a idéia da mater (da geração), a esperança de nossa continuidade, etc; foram coligidos em um modelo coletivo.
Uma "esperteza" no entanto rápido viu que podia amealhar a ajuda subserviente de indivíduos condicionando-os à crenças que forjaram mentiras apoderando-se desses consensos psicológicos deturpando-os num formato para impor escravidão e empanar regalias a impostores.
Nesse tempo de nossa organização social rápido se viu que elementos tendentes à indolência eram facilmente dados à covardia por força de agrupamentos, e à hipocrisia por força de mentira(s).
Assim criou-se deus para ajuntar e fomentar manipulação de covardes e hipócritas, e criou-se o emblema maligno para tutelar os bípedes mamíferos com perfil de víboras.
Desde essa invenção ficou patente que dificilmente poderíamos esperar um modelo social em que o justo não pagasse pelo injusto; porque a Sociedade Humana tocou-se pelo bastão do roubo e assobio da mentira.
A usurpação estava implantada como se nós fôssemos todos submissos a esse engendramento, e que jamais nos soltaríamos disso.
Assim, uns produziam (tinham ímpeto de garantir o sustento e melhorias), outros ficavam à deriva e em espreita de tirar dos produtores, e eram e são protegidos pelos que recebem e repartem os roubos fingindo proteger os que são roubados. 
Então, uma corja que não faz nada esbanja-se em regalias, e dá força para que haja proliferação de covardia, mesquinhez e amedrontameto.
É preciso mentiras absurdas impostas violentamente e sucessivamente para que as pessoas produtoras pouco tenham refresco, e com mãos, pés, cabeça e sexo atormentados, rápido se vejam desesperadas e esmoreçam, e esse reino vil permaneça escorado em enganos alastrados e multiplicados sem parar.
Então se repete que a vida não é feita de ilusão, e as pessoas passam a assentir e imaginar que ao ver essa desgraça aprenderam a viver, e que a vida de todos terá sempre esse feitio tenebroso.
Esse formato do Sistema que agora está totalmente falido enfeiou mais e mais as pessoas por séculos, e ao invés de estarmos gozando de uma beleza evolutiva, andamos como os piores seres da Natureza; porque nenhum animal desprotegido nas intempéries e causalidades da Natureza consegue ficar tão feio quanto nós, com tudo que ainda ousamos nos gabar de ser.
Estamos em dias em que mesmo aos trancos e barrancos conseguimos por intrepidez de alguns uma mentalidade com valores um pouco melhores devido a alguma cara e adquirida consciência.
Não precisamaos de crescentes mutidões descabeçadas, não precismos de pobreza, de jeito nenhum; se há serviço difícil de fazer que se pague recompensadamente por ele, ao invés de atulhar vagabundos de riquezas.
Há políticos, pague-se bem; há professores, pague-se bem; há carvoeiros, pague-se bem.  Há cidades sujas, limpe-se ao invés de sentar em bancos para escutar besteiras idiotizantes.
Já pensaram que já chegamos a um avançado futuro, e que há robôs que logo vão fazer os mais diversos serviços?  O que faremos se continuarmos a aumentar o número de pessoas sem condições de vida razoável?  O que nos farão aceitar fazer com essas pessoas?  As crenças nos brindarão com um belíssimo e glorioso genocídio? 
Se você mete o pau na Ciência, então de uma vez por todas, faça um teste pessoal se tem caráter para fazer:
Não use tesoura, não use pasta de dente, não use pente, não use papel higiênico, não use água potável, não use eletricidade, não use fogão, não durma em casa, não use chuveiro …
Depois de algum tempo peça para alguém desenhar você, com suas unhas, seus cabelos, etc.  Você pode até ficar mais robusto consoante à Natureza, mas verá que não é o que a empáfia das crenças dizem.  E só assim você aprenderá que só a estupidez faz com que você não saiba fazer o que a Ciência nos deu até aqui fazer muito mais por você.
Porque meu caro ser humano, a Ciência é todo nosso legado desde nossos ancestrais até aqui, e ela não é papel, nem é história, ela é você.
Quando olhar pra o seu amigo, pra sua amiga, pro seu filho, pra sua mãe, pra sua professora, pense em tudo isso.
Haddammann Veron Sinn-Klyss
Sexta-feira, 03 de setembro de 2010.
20:32 h
Anúncios

Sobre Sinn-Klyss

Precursor da Lógica Espacial - Autor e Instrutor da Cenografia-Show Passos da Natureza-Brasil. Autor do livro O ESPAÇO e a `Procedência do Movimento (sumido - tomado covarde e canalhamente por criminosos donos de religiões) - Autor do e-book Número-Primo--Arte & Natureza (Pela Simplicidade da Matémática). Pensador que conquistou para a espécie humana o Postulado do Par-Carga; a Ejeção de um hífen-energia (por conseguinte: O que é a Eletricidade); e que apresentou a explicação do que é a Gravidade demonstrando o fenômeno de Tolerância (a Influência neutra no teor dos pares-energia).
Esse post foi publicado em Health and wellness. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s