A ‘I’stória de Erva-i-Ardão

— “Eu vim por causa do Macaco” —
    (Ria se quiser)
Então lá foi o guri perguntar … porque tem coisas que nem um pirralho consegue desenrolar sozinho …
— Pai, o Obama é irmão do Richard Dawkins?
— Como?
— É, porque o Obama é pretinho e o Dawkins tem os olhos azuiszinhos e um cabelo lourin, lourinho …
— Mas …
— A gente tudo veio do Quênia? Eu também vim do Quênia? Eu pensava que tínhamos vindo da China …
De que raios o guri tirou essas idéias? Terá esse guri evoluído do Calvin? Será educação da Finlândia? Ou é uma nova versão de ser humano como a daquele guri de 7 anos que fugiu das ladainhas dirigindo um mustang intrepid? Intrigou-se o Pensador.
E isso lhe vinha à idéia na lembrança de quando ouvira seu pai comentar (há um tanto de anos antes):
— “Esse garoto veio por causa do macaco”.
O pensador-moleque pirou. Embatucou com aquilo, e foi tirar a penca de dúvidas com o pai.
Então surgiu a ‘i’stória do macaco:
— Quando estava consertando o caminhão, sua mãe trouxe o macaco pra suspender a barra do diferencial (o moleque já sabia o que era isso pois vivia vendo o pai mexendo naqueles trecos). Aí caiu um toró, e a chuvarada descia em volta cercando eu e sua mãe embaixo da corroceria. Então sua mãe inventou de pegar na alavanca, e engatou a marcha, aí não teve jeito …
O pensador-molequinho ainda saiu perguntando: ”E o que é que eu tenho com o ‘kiko’?”
É por isso que hoje o Pensador escreve assim, desse jeito que quase ninguém entende.
E voltando ao Obama. Parece que nessa ‘i’stória deu-se o seguinte:
Ardão era português, e Erva era de Guiné-Bissau. Meio puta-da-vida que por lá só tinha dinossauros muito feios, ela fugiu de casa (lá do paraíso – é que as pessoas pensam que o mundo era pequenininho, mas o éden era grandão). Então ela saiu do meio daquela folhagem de lá e fez uma canoa com uns folhões da mata. Quando chegou do outro lado do éden encontrou Ardão, com aquele cabelo empastado, tipo John Travolta (as garotas gostam disso). Porque Ardão era bem-apanhado e usava uma lama “esperta” dum vulcão ali perto. Ele não era bobo não. Só não sabia é como com o pau se enfiava numa canoa em busca de uma aventura e um mundo melhor, mais excitante.
Conclusão:
Tantos anos e acabamos por aprender que, por todos os cacetes, um pai não é uma biblioteca do mundo.
E lembrou o que o pai lhe disse:
–Garoto! Eu entendo de mancal, platinado, relé … agora, se você estudar poderá aprender mais do que eu posso explicar.
O moleque ainda lembra ter ouvido:
“Acho que esse garoto veio com um problema no ‘induzido’, querida.”
Anúncios

Sobre Sinn-Klyss

Precursor da Lógica Espacial - Autor e Instrutor da Cenografia-Show Passos da Natureza-Brasil. Autor do livro O ESPAÇO e a `Procedência do Movimento (sumido - tomado covarde e canalhamente por criminosos donos de religiões) - Autor do e-book Número-Primo--Arte & Natureza (Pela Simplicidade da Matémática). Pensador que conquistou para a espécie humana o Postulado do Par-Carga; a Ejeção de um hífen-energia (por conseguinte: O que é a Eletricidade); e que apresentou a explicação do que é a Gravidade demonstrando o fenômeno de Tolerância (a Influência neutra no teor dos pares-energia).
Esse post foi publicado em Health and wellness. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s