Tratado de Sobrevivência dos Não-Nascidos-Para-Crença

Tratado de Sobrevivência dos Não-Nascidos-Para-Crença.

 

O instinto é o seu mais valioso recurso.

 — perdido dentro do arremedo de ser humano estragado atual, o instinto indica atenção sobre tudo; alimento, calor, etc, etc; e principalmente o intento nocivo minado à espera do seu descuido. 

O subconsciente é seu outro recurso indispensável.

 — uma vez que se conseguiu o aporte de algum estágio de consciência que já lhe facultou a conquista de ser um nnpc, seu subconsciente que antes era um agravador de miséria psicológica, agora é um potentíssimo assinalador de perigos e falhas: e o sonho é propenso a indicá-los.

A reflexão é o contorno ponderador.

 — estágios de consciência só são conseguidos com exercício da reflexão; se você conseguiu concatenar suas informações a ponto de ver-se em si  como identidade única e incopiável, ela indicará com que prontidão uma ação  precisa estar pronta por reflexo, e a qual é pra ser efetivada com disposição, e qual é própria a ser  desenvolvida com ponderação.

A consciência protege.

 — A consciência tranqüiliza por dispor as dimensões dos problemas com certeiros parâmetros; e uma vez consciente o ser é ágil e já bastante destituído de mêdo; o ser consciente encara qualquer situação.

 

As necessidades primaciais do ser humano são estas:

Alimento/Água, Abrigo/Sono-temperatura-vestimenta, Espaço/Liberdade-locomoção, Comunicação/Edificações-trabalho, Preservação/Prazer-divertimento.

— o bem-estar está assegurado consonante à disponibilização indesfalcável dessas importâncias.

O poder de troca é como o fluxo elétrico, não é aprazível por interesse, mas por função legítima do aporte do mérito. Assim consiga o que precisar dispondo-se primeiro por competência/disponibilidade eficaz de função, desse modo não há riqueza que se desvie de você.

 

Para o acuro do procedimento social, o  não-nascido-para-crença jamais pode se dar ao luxo de ter lapsos sobre esses cuidados:

— Todo e qualquer crente tem seu “juízo” atrelado à lábia do seu mandante-de-crença;

— Um crente já “entregou” sua cabeça aos donos de suas crenças.

— Quem não teve escrúpulo sobre sua própria individualidade de Pensar, que dispensou e desprezou a mais importante faculdade humana, a de Perguntar, terá sua “vontade” no bolso do mandante de sua crença; porque já vendeu sua honestidade individual e civil a pulhas que têm profundo conhecimento das vaidades dos crentes.

— Em bolsões de pedantismo e de miséria se mexem covardes e traíras, esses bolsões são fomentados e controlados por parasitas inumanos que se refestelam fazendo o desgraceiro putrefazer a Sociedade, pois sabem que em tais condições encontra-se desesperados a tal ponto que à pergunta se venderiam seus filhos respondem se em pedaços ou em fatias. Essa é a arma represada no monturo, a mais lesiva covardia à civilidade que os (des)governos pulhíticos-divinos fermentam.

 

Assim, esse é o tanto do que um não-nascido-para-crença precisa ter em vista para defender sua altaneira estatura pessoal e civil.

 

Haddammann Veron Sinn-Klyss

domingo, 15 de novembro de 2009

Anúncios

Sobre Sinn-Klyss

Precursor da Lógica Espacial - Autor e Instrutor da Cenografia-Show Passos da Natureza-Brasil. Autor do livro O ESPAÇO e a `Procedência do Movimento (sumido - tomado covarde e canalhamente por criminosos donos de religiões) - Autor do e-book Número-Primo--Arte & Natureza (Pela Simplicidade da Matémática). Pensador que conquistou para a espécie humana o Postulado do Par-Carga; a Ejeção de um hífen-energia (por conseguinte: O que é a Eletricidade); e que apresentou a explicação do que é a Gravidade demonstrando o fenômeno de Tolerância (a Influência neutra no teor dos pares-energia).
Esse post foi publicado em Health and wellness. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s