Estranho sonho … Esquisito momento.

ESTARRECIMENTO: O DESCOMUNAL CONLUIO DE ENGANAÇÃO, DISSIMULAÇÃO, E DEGENERAÇÃO DA SOCIEDADE.

Aqui vai ser descrito um tal mostruário da inimaginável, averssiva, e espúria escória que aventou-se de si mesma usurpar a Vida e ditar-se como conluio MANDANTE da espécie humana, que os fatos de tão aterradores e nocivos que são, quando postos diante de nossas vistas preferiríamos não ver; de tão repulsivo engulho que sentimos em ver o remexer do espectro do esgôto que degenera impiedosamente a Sociedade.

Vou começar por algo que nem por um instante nos demos conta. Bem aqui, no contexto do Brasil, e tão bem perto de você, dentro do seu cômodo da casa, e tão direto na sua proximidade.

Não fique de pé para ler; pois que você precisará sentar, precisará pensar … porque do que você concluir dependerá a próxima jornada da espécie humana; dependerá o correr da liberdade de seu filho na grama, de seu amigo na escola, da(s) pessoa(s) que quererá por amada(s).

É o momento fatal de transição e de transformação … é posta à prova a dignidade da altivez humana, é requerida a honra conseguida pela fibra de nossos ancestrais para termos chegado até aqui; é-nos requerida a conta com as Estrelas.

O clima assinalou a sentença; a convivência e os afetos foram minados; a liberdade foi grotesca e hediondamente aviltada; a expectação veio à consciência, e alertou-nos os gritos, espantou os cenários dos sonhos, e a reflexão deixou todo o resguardo, e ponderou, e se pronunciou.

Os muros de pedra caíram, e eles viram que os muros imaginários eram insanamente mais opressores, e apostaram seus acordos para subjugar toda vida, toda criança, toda família, todo riso e mão de amizade. Eles formataram o PACTO de Submissão à Religião. E implantaram os mais terríveis estratagemas predadores que puderam copiar, nos mais cruéis reinos da natureza.

A seguir vão ser relatados dois estratagemas, que sustentam a trina superioridade que imaginam ter os predadores virulentos da Sociedade Humana; se alguém tiver olhos para discernir …

Estratagema 1: Ingestão do vírus do parasitismo religioso cruel do católico/protestantismo e outras dominações: Uma primeira ferroada do parasita-predador psicológico da mentalidade humana é aplicada direto no coração. Estando com a vítima fragilizada, dá outra ferroada, na base da cabeça. Com a ponta do aguilhão procura o ponto certo no cérebro, e libera um cuspe de toxinas que faz a vítima sofregamente danar a se limpar. Marcado o ato cruel e sinistro, o predador se afasta um pouco e deixa os neurotransmissores agirem; o veneno letárgico/dopante que liberou irrompe no cérebro mantendo a vítima ocupada. Depois de olhar friamente ele volta, e algo já mudou na vítima. E o predador facilmente a conduz pelo cabresto, como se fosse um cachorrinho. E a vítima já não foge, nem reage. E como um zumbi, ela é conduzida até ao covil do predador, e ali entrega sua vida, e ali é onde entregará à Sociedade mais um futuro alienado depositado no seu abdome.

Estratagema 2: Infestação. Um bando numeroso sai, e em rápido avanço se acerca da vítima e passa a subir imperceptivel pelas extremidades dela; ela não se apercebe e distraída fica; e de repente, quando se dá conta inúmeras ferroadas são injetadas simultanemente, e ela só por um mínimo instante tenta se livrar; mas já não tem forças, e vê num relance terrível o corpo tomado, e sem nenhuma condição mais de escapar. E é carregada semi-morta para o covil dos predadores. E é consumida viva, aos poucos, até que não mais vê o esvair-se de sua vida.

Ainda são combinados três disfarçes ajudadores no formato de submissão psicológica implantado por eles:

Na nossa vaidade está (depois do nosso mais íntimo sentimento de solidão) a nossa maior fraqueza para sermos manipulados.

Há três olhinhos cândidos e brilhosinhos que nos suscitam cuidado: o olhinho do pombo, o olhinho do cão, e o olhinho do rato. Porque um fica no sótão, outro fica no porão, e outro no meio, dentro da casa.

Um vem por sobre nossa cabeça, outro vem por sob nossos pés, e outro por meio de nossas mãos. Dos três as fezes são-nos extremamente nocivas; e por elas nos prejudicamos, viciamos, sem que tenhamos mínima percepção disso.

Todos estes três bichos dissimulam sua proximidade: um se vale de nossa miséria psicológica, outro de nossa miséria social, e outro da nossa miséria emocional.

Estes três estão nos símbolos do submundo da religião, e os "espertos" do mundo tecem profundamente tremendo arrasto conhecendo muito bem o descuido e a fraqueza que temos com a candura dos olhinhos que eles têm.

 

Inquietado em sobressalto numa noite, um infante acorda com um estranho alarido, mas é como que gente cantando …

Allons enfants de la Patrie,

Le jour de gloire est arrivé

As vozes expressam uma vigorosa fibra e robusta determinação, e suas faces estão como que destemidas, crispadas por um jorro de sangue …

Contre nous de la tyrannie

Que foi aquilo? Que foi aquilo? Por que tem choro nos olhos? …

Estranho, estamos em novembro de 2008, e é a Itália e o Brasil que enfrentam um inimigo que usa um esquisito cobertor, atroz, traiçoeiro, dissimulado.

Como disse vou começar aqui pelo Brasil.

O pai de seu filho, durante extensa parte do dia é o Lulinha; num espúrio projeto de distribuição de computadores, não foram os menos favorecidos os contemplados, e nem os usuários bem direcionados ao uso deles; não, não. Um coletivo de companheiros-fiéis recebeu uma facilidade especial, e alastrou-se pra tudo quanto é canto as Casas de Games. Nelas os gurizinhos de até cinco anos JOGAM um jogo mortífero e sangrento, um outro ainda mais violento e de frenesi psicótico; e outro, e outro de pior nível. Tudo com o endosso cínico dos pulhas religiosos, que se esbaldam com a desgraceira decorrente disso; e cerram fogo contra a Internet, mas visando o apavoramento das famílias, sendo eles mesmos os que promovem os crimes hediondos contra a infância; e fazem isso atacando "trabalhando" sistematicamente as vidas dos que ousam não estar conformados com a doutrinação e dominação deles.

Os arremêdos de ditadores fixaram o olho na educação a mando dos seus feitores, que os vestiram e os içaram da mediocridade com fantasias da mídia; e uma vez usurpados os cargos diretivos dos povos, cobraram a moeda, e impetraram o insano aniquilamento dos professores e alunos, dos cientistas, dos juristas, dos repórteres, e dos valores inalienáveis das nações e das pessoas.

É um momento de transição, um momento de transformação, o tempo do ser humano se coloca no campo da ponderação, e os extorsores do estado psicológico humano prejudicado, com suas metamorfozes religiosas deles, sabem que o tempo dessa enganação acabou; mas diante da inevitável conta da realidade, se dispõem a tudo para continuar seus intentos e suas mordomias insustentáveis.

Vou abreviar este relato, para que as pessoas vejam com seus próprios olhos outros episódios, e para que os degeneradores tenham como recorrer a qualquer vestígio de brio humano próprio para se arrefecer dos seus intentos soberbos e inalcançáveis; porque a fímbria enlevada das personas autenticamente humanas jamais se subjugará à ânsia e ganância de seus estropiadores.

A Humanidade no fim das contas prevalecerá; pois a preservação da espécie humana é o mais alto propósito civil: social e pessoal.

Haddammann Veron Sinn-Klyss

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Sobre Sinn-Klyss

Precursor da Lógica Espacial - Autor e Instrutor da Cenografia-Show Passos da Natureza-Brasil. Autor do livro O ESPAÇO e a `Procedência do Movimento (sumido - tomado covarde e canalhamente por criminosos donos de religiões) - Autor do e-book Número-Primo--Arte & Natureza (Pela Simplicidade da Matémática). Pensador que conquistou para a espécie humana o Postulado do Par-Carga; a Ejeção de um hífen-energia (por conseguinte: O que é a Eletricidade); e que apresentou a explicação do que é a Gravidade demonstrando o fenômeno de Tolerância (a Influência neutra no teor dos pares-energia).
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s